Sexta, 05 de Março de 2021 03:25
94 99140 1505
Polícia Prisão

Polícia Civil do Pará prende homem por armazenamento e transmissão de conteúdo pornográfico infantil

Investigações duraram cerca de dois meses. Além da prisão, ação resultou na apreensão de vasto material utilizado no crime

26/01/2021 11h21
Por: Redação Fonte: Agência Pará
Foto: Ascom / PCPA
Foto: Ascom / PCPA

A Polícia Civil deflagrou, na manhã desta terça-feira (26), a "Operação Isis", que deu cumprimento a mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão contra crimes de pornografia infantil nas cidades de Ananindeua e Marituba, região metropolitana de Belém. Um homem foi detido na ação e vasto material utilizado no crime foi apreendido.

A ordem judicial foi expedida pela comarca de Marituba. Segunda a Polícia Civil, no decorrer de dois meses de investigações, iniciadas através de informações oriundas da Polícia Federal, foram reunidos indícios de autoria e provas de materialidade de crimes de transmissão e de armazenamento de conteúdo audiovisual de pornografia infantil praticados em ambiente virtual.

"Essa operação é resultado de um esforço constante da Polícia Civil em punir e reprimir crimes contra crianças e adolescentes no ambiente virtual. Depois de receber informações oriundas da Polícia Federal, nós efetuamos diligências para reunir indícios de autoria e materialidade, e apresentar os altos contra o suspeito" - titular da Divisão de Combate a Crimes Contra Grupos Vulneráveis, delegada Lua Figueiredo. 

O homem preso foi e encaminhado à unidade policial para procedimentos cabíveis e seguirá para uma casa penal, onde ficará à disposição da justiça.

As diligências foram coordenadas pela Diretoria de Combate a Crimes Cibernéticos, através da Divisão de Combate a Crimes Contra Grupos Vulneráveis Praticados por Meios Cibernéticos, com a participação de peritos do Centro de Perícias Renato Chaves.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias