Terça, 02 de Março de 2021 11:04
94 99140 1505
Saúde Acesso à Informação

Governo do Pará torna público quantitativo de vacinas que entregou para cada município

Site identifica as quantidades de doses enviadas pelo Estado aos municípios; as doses que os municípios informaram que foram aplicadas, entre outras informações

03/02/2021 14h14
Por: Redação Fonte: Agência Pará
Foto: Pedro Guerreiro / Ag. Pará
Foto: Pedro Guerreiro / Ag. Pará

Com o objetivo de garantir a transparência no processo de divulgação dos dados de vacinados contra a Covid-19, no estado, o Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará (Sespa), torna público o quantitativo de vacinas que entregou para cada município. Esses dados podem ser acessados  pelo site do Vacinômetro.

Segundo o diretor de Epidemiologia, da Sespa, Bruno Pinheiro, o site do Vacinômetro está sendo aperfeiçoado para aprimorar ainda mais a divulgação dos quantitativo de vacinas encaminhadas e dados de vacinados por município. 

“Estamos modelando o sistema para informar os dados de quantidades de vacinas por município. Será possível identificar as quantidades de doses que foram enviadas pelo Estado; as doses que os municípios informaram que foram aplicadas, pelo nosso formulário online; e as doses que os municípios informaram no sistema do Ministério da saúde (SIPNI-MS)”.Foto: Pedro Guerreiro / Ag. Pará

Para garantir que as vacinas chegassem a todos os cantos do estado o mais rápido possível, o Governo do Pará realizou a entrega das vacinas nas 13 Regionais de Saúde e em menos de 24h depois da chegada das remessas ao estado, todos os 144 municípios do Pará já haviam recebido as doses de vacinas respectivas.

“Fizemos um grande esforço para que todos os municípios recebessem as vacinas o quanto antes e agora com a divulgação do quantitativo de vacinas enviadas para os Municípios, a  população vai poder saber quantas doses o governo enviou, quantas doses os municípios informam que aplicaram e quantos já estão informadas no sistema oficial do Ministério da Saúde. Assim será possível fazer um balanço se os municípios já conseguiram operacionalizar toda a quantidade de doses que foi enviada", enfatizou o secretário de Estado de Saúde Pública, Rômulo Rodovalho.

Vacinômetro

O Vacinômetro, ferramenta digital desenvolvida pelo Governo do Pará, através da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), permite à população acompanhar o número de pessoas que foram vacinadas contra a Covid-19 no Estado, é abastecido com dados do sistema do Ministério da Saúde e este sistema, por sua vez, é alimentado pelos dados de vacinação fornecidos pelas secretarias municipais de saúde. 

Tendo em vista que o site do Ministério da Saúde esteve instável nos últimos dias, a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), no intuito de não deixar a população sem informações, levou em consideração os dados sobre vacinação fornecidos através das regionais de saúde, pelos municípios do Estado. 
 
“Inicialmente, devido à instabilidade que o site do Ministério da Saúde apresentava na coleta, consolidação e disponibilidade dos dados, o Estado do Pará, seguindo metodologia de outros estados da federação, adotou um formulário de coleta online com o consolidado diário informado pelos próprios municípios, por isso houve uma divergência de dados”, explicou o diretor de Vigilância em Saúde, Denilson Feitosa. 
 
"Atualmente o Vacinômetro está em consonância com o sistema do Ministério da Saúde, os dados devem ser atualizados e equiparados diariamente e a ferramenta está sendo aprimorada a cada dia para evitar outras instabilidades”, concluiu o diretor de Vigilância.

Dados 

Até às 20h, desta segunda-feira (1º), foi registrado no site do Vacinômetro , que 57.247 pessoas foram vacinadas. Desse total 54.743, são profissionais de Saúde, 1.976 são indígenas aldeados e 589 são idosos que vivem em instituições de longa permanência.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias