Terça, 02 de Março de 2021 11:00
94 99140 1505
Polícia Drogas

Companhia Independente de Polícia Militar (6ª CIPM) apreende 243 kg de maconha

A apreensão e os supostos quatro trabalhadores resgatados foram apresentados à Delegacia de Polícia Civil, em Tailândia, no nordeste estadual

05/02/2021 15h22
Por: Redação Fonte: Agência Pará
Foto: Agência Pará
Foto: Agência Pará

A Polícia Militar do Pará localizou na manhã desta quinta-feira (4) um plantio de maconha, no município de Tailândia, nordeste do Estado. Além da plantação, foram encontradas quatro pessoas que alegaram estar em situação de trabalho análogo escravo, prática que será investigada. Cerca de 143 tabletes de maconha prensada quase dez sacas do entorpecente, que somam 243 quilos, foram apreendidas na ação.
 
A apreensão foi realizada por agentes que integram a 6ª Companhia Independente de Polícia Militar (6ª CIPM), que chegaram até o local da plantação após abordarem um homem na noite da última quarta-feira (3) e encontrarem com ele uma expressiva quantidade de maconha. Ao ser questionado, o homem revelou o local onde havia adquirido o entorpecente.
 
Munidos das informações, os policiais então se dividiram em duas guarnições e se dirigiram até o endereço fornecido pelo suspeito. No local, os agentes se depararam com a plantação de maconha, o estoque do entorpecente e as quatro pessoas, cuja circunstância de trabalho será investigada. Em depoimento, o grupo afirmou ter sido atraído pela proposta de trabalho em uma plantação de milho e soja. 
 
O material foi apreendido pela Polícia e os quatro supostos trabalhadores resgatados foram conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil para prestarem esclarecimentos. O homem responsável pela plantação foi preso em flagrante e está à disposição da justiça.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias