Quinta, 05 de Agosto de 2021 09:21
94 99140 1505
Política Declarações

CPI da Covid: Roberto Dias nega pedido de propina e pressão a Luis Ricardo Miranda

CPI ouve Roberto Ferreira Dias

07/07/2021 12h20
Por: Redação Fonte: Agência Senado
Marcos Oliveira/Agência Senado
Marcos Oliveira/Agência Senado

Em depoimento à Comissão Parlamentar de Inquérito que investiga a resposta do governo à pandemia, o ex-diretor de Logística do Ministério da Saúde disse que disse que foi apresentado a Luiz Paulo Dominguetti pelo coronel Marcelo Blanco, ex-assessor do departamento da diretoria da qual era chefe, em um encontro com amigos em um shopping. Dominguetti acusou Dias de pedir US$ 1 por dose em compra de 400 milhões de unidades da vacina AstraZeneca. Perguntado pelo relator Renan Calheiros, o ex-diretor da Saúde também afirmou não ter pressionado o servidor Luis Ricardo Miranda para autorizar importação das vacinas da Covaxin.

Dias diz que Blanco o abordou com proposta da AstraZeneca

A Renan Calheiros (MDB-AL), Roberto Dias disse que em jantar de 25 de fevereiro no restaurante Vasto, em Brasília, o coronel Marcelo Blanco, ex-diretor substituto do Departamento de Logística do Ministério da Saúde, o viu no restaurante e apresentou uma proposta de 400 milhões de doses da vacina AstraZeneca.

Blanco estava acompanhado de Luiz Paulo Dominguetti. Dias informou ao relator que esta proposta já havia circulado pelo Ministério. E acrescentou ter informado a Blanco que só trataria do assunto através de reunião formal no Ministério, durante o expediente de trabalho.

Ex-diretor diz ter sido alvo de factoide para sabotar indicação à Anvisa

O ex-diretor do Departamento de Logística do Ministério da Saúde esclareceu ao relator, Renan Calheiros (MDB-AL), que pediu ao então ministro Eduardo Pazuello que o indicasse a uma vaga na Anvisa, pois "já estava cansado da rotina de pandemia do Ministério da Saúde". Ele afirmou ter sido vítima de um factoide para atrapalhar a indicação.

Roberto Dias disse que houve um fato mal explicado no processo de compras de kits de testes de PCR e deu detalhes sobre o procedimento, que, segundo ele, chegou ao fim sem propostas que atendessem a aquisição. 

— Essa irregularidade, que não existiu, foi um factoide para que fosse retirada minha indicação à Anvisa. E foi isso que foi feito — afirmou. 

Dias diz que Dominguetti é um 'picareta'

O servidor Roberto Ferreira Dias abriu sua exposição já negando ter oferecido vantagem indevida ao policial Dominguetti Pereira, que tentava intermediar negociações junto ao governo federal para compra de vacinas da AstraZeneca. Segundo a testemunha, nunca houve pedido ilegal dele além de documentos, que também não chegaram a ser apresentados. 

— Como ficou demonstrado por esta CPI, trata-se de um picareta que tentava aplicar golpes em prefeituras e no Ministério da Saúde — afirmou. 

Imagem do post cpi-da-pandemia
Pedro França/Agência Senado

Acompanhe ao vivo a CPI da Pandemia

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Itupiranga - PA
Atualizado às 09h20 - Fonte: Climatempo
29°
Poucas nuvens

Mín. 22° Máx. 35°

29° Sensação
7.1 km/h Vento
43.2% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (06/08)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 21° Máx. 35°

Sol com algumas nuvens
Sábado (07/08)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 21° Máx. 35°

Sol com algumas nuvens
Ele1 - Criar site de notícias